Extintores belo horizonte ltda

Pesquisar

Notícias


INCÊNDIO DESTROI FÁBRICA DE UNIFORMES EM BETIM

Fogo começou às 13h e causou prejuízo calculado em R$ 2 milhões pelos proprietários da confecção, que fica no Bairro Jardim Teresópolis. Uma área de 900 metros quadrados da empresa foi queimada, onde estavam maquinários e produtos prontos para entrega.

 

Um incêndio na fábrica WW Uniformes, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na tarde deste domingo, causou prejuízo de cerca de R$ 2 milhões aos donos da confecção. Sem causa identificada, o fogo começou por volta das 13 horas e atingiu uma área de 900 metros quadrados da empresa, vizinha a imóveis residenciais.
De acordo com testemunhas, foram ouvidos barulhos de explosões e em seguida as chamas se propagaram rapidamente. Porém, não atingiram as casas ao redor. Cerca de 30 militares do Corpo de Bombeiros estiveram no locaç para combater o incêndio e utilizaram 70 mil litros de água.
A fábrica, que fica na Rua Joana Peres, no Bairro Jardim Teresópolis, era composta por três galpões. Mas apenas um deles foi atingido pelo fogo. “Levamos muito susto quando vimos o incêndio. A fumaça entrou nas casas das pessoas e felizmente ninguém se feriu”, conta Samile Franciele, que ligou para o Corpo de Bombeiros. Ela acredita que um problema elétrico possa ter causado o incêndio.

 

Cerca de 50 pessoas acompanharam o trabalho dos bombeiros, que encerrou por volta das 17h. A fábrica era coberta por telhas de aço galvanizado que ficaram completamente danificadas pelo calor. Testemunhas, assustadas, contaram que, por sorte, nenhuma casa foi atingida, apesar do cheiro de fumaça ter impregnado móveis e outros bens dos moradores.

 

O aspirante dos Bombeiros,  Guilherme Torres, informou que não foi possível apontar as causas do incêndio, que serão definidas pelas investigações da Polícia Civil. O maior problema, segundo ele, foi o prejuízo financeiro. “O dono conversou conosco e disse que no galpão atingido havia R$ 1,5 milhão em maquinário e, além disso, uma quantidade significativa de uniformes já confeccionados”, disse Torres. Ainda, de acordo com o aspirante, a empresa não tem seguro contra incêndio.

 

Além dos bombeiros, militares dos batalhões de Betim e Contagem compareceram ao local. A equipe da Cemig também foi acionada para reestabelecer a energia elétrica da rua, já que cabos foram atingidos pelas chamas.

 

Publicado no Jornal Estado de Minas em 07/08/2016

--------------------------------------------------->